Igreja Batista Filadélfia em São Caetano do Sul

Avivada é idéia de Deus!

 

Mensagem

“E não nos deixe cair em tentação...” Lucas 11:4

 

 

 

 

O que somos ensinados a buscar ou a evitar em oração, deveríamos igualmente buscar ou evitar em ação. Por isso, com muita sinceridade devemos evitar a tentação, buscando andar muito cuidadosamente no caminho da obediência, e nunca devemos provocar o diabo a nos tentar. Não devemos entrar na mata à procura do leão. Poderíamos pagar caro por tal presunção. Este leão pode cruzar nosso caminho ou sair da mata, saltando em cima de nós, mas isso nada tem a ver com ir caçá-lo. Aquele que se encontra com  o leão, mesmo que vença o dia, terá uma dura luta. Que o cristão ore para poder ser poupado do encontro. Nosso Salvador, que experimentou o significado da tentação, advertiu sinceramente seus discípulos, “Orai, para que não entreis em tentação.” Mas façamos o que for, seremos tentados; por isso a oração ”livra-nos do mal”. Deus teve um Filho sem pecado; mas não tem filho algum sem tentação. O homem natural nasce para a tribulação como faíscas sobem no ar, e o cristão nasce para a tentação da mesma forma.  Precisamos estar sempre vigiando contra satanás, porque,  como um ladrão, ele não avisa de sua chegada. Cristãos que experimentaram os caminhos de satanás sabem que há determinadas épocas mais suscetíveis aos seus ataques, assim como em certos períodos podem ser esperados ventos desoladores; portanto o cristão deve vigiar duplamente com medo do perigo, e o perigo é evitado com a preparação para o encontro. A prevenção é melhor do que a cura; é melhor estar tão bem armado que o diabo não atacará, do que enfrentar os perigos da luta, mesmo que saia vencedor. Ore para não ser tentado, e em seguida, se a tentação for permitida, para que você possa ser liberto do mal.  

 

Pr.José Francisco Taborda

Pastor Presidente